arrow_drop_down
O Ministério Apostólico - por Ap. Silvia

O Ministério Apostólico - por Ap. Silvia

O Ministério Apostólico


“E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo.”

Efésios 4:11-12


Cada um dos cinco ministérios tem um propósito e uma função.


Qual é então a obra de um apóstolo? 

O que um apóstolo faz? 


Esse breve texto não irá esgotar um assunto tão amplo, mas apenas lançar um fundamento. Kennety Hagin ensina que um apóstolo é...


1. Chamado e separado por Deus, e confirmado no ofício por homens (Atos 13:1-4).


2. Antes de tudo, um pregador ou mestre da Palavra de Deus (precisa mergulhar profundamente na Bíblia!).


3. Alguém que possui credenciais bíblicas de um verdadeiro apóstolo (sinais, prodígios e maravilhas – 2 Coríntios 12:12).


4. Alguém que submete sua ação a outros ministérios.

 

Peter Wagner levanta 12 ministérios que os apóstolos terão. Eles não os executarão todos da mesma maneira, ou no mesmo nível, mas se caracterizarão pelas seguintes atividades:


1. Eles recebem revelação: Os apóstolos ouvem o que o Espírito está dizendo às igrejas. Algumas dessas revelações vêm direto a eles, outras recebidas em conjunto com profetas maduros.


2. Eles lançam uma visão: a visão de um apóstolo se fundamenta na revelação que ele recebe, e não em um desejo pessoal.


3. Eles geram: Os apóstolos dão início a coisas novas.


4. Eles comunicam: Deus usa os apóstolos para despertar Suas bênçãos e dons em outros “Anseio vê-los, a fim de compartilhar com vocês algum dom espiritual, para fortalecê-los” (Romanos 1:11).


5. Eles edificam: Os apóstolos elaboram estratégias e encontram maneiras de executar um projeto ao longo de seu percurso, incluindo os fundos, pessoas e recursos necessários para isso.


6. Eles governam: Os apóstolos são hábeis em colocar as coisas em ordem. Juntamente com os profetas, eles estabelecem o fundamento Bíblico do Reino (Efésios 2:20).


7. Eles ensinam: Os primeiros crentes “perseveravam na doutrina dos apóstolos” (Atos 2:42).


8. Eles enviam: Os apóstolos enviam aqueles que estão preparados para cumprir o seu papel na expansão do Reino de Deus.


9. Eles concluem: Os apóstolos são capazes de levar um projeto ou um período/estação estabelecido por Deus ao fim desejável. Eles ficam inquietos até que o projeto esteja concluído. Eles raramente ficam esgotados


10. Eles guerreiam: Os apóstolos são os generais do exército de Deus. Eles lideram a Igreja na guerra espiritual.


11. Eles unem gerações: Os apóstolos têm uma perspectiva de longo alcance no que diz respeito aos propósitos de Deus, e eles levantam futuros líderes. Outra maneira de dizer isso é que eles são pais ou mães de filhos na fé: “Embora possam ter dez mil tutores em Cristo, vocês não têm muitos pais, pois em Cristo Jesus eu mesmo os gerei por meio do evangelho” (1 Coríntios 4:15).


12. Eles preparam: Efésios 4:12 diz que os apóstolos preparam os santos para a obra do ministério. “Se para alguns não sou reconhecido como apóstolo, com toda a certeza o sou para vós. Porquanto, sois o selo do meu apostolado no Senhor” (1 Coríntios 9:2).


“E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo.”

Efésios 4:11-12


.: Ap. Silvia Pereira