arrow_drop_down
COMO VOCÊ SE VÊ

COMO VOCÊ SE VÊ


PALAVRA DE ESTUDO DE CÉLULA


22/08 a 28/08

COMO VOCÊ SE VÊ


 João 5:1-9.

Vamos mergulhar em uma história maravilhosa onde Jesus cura um homem paralítico após derrubar seu sistema de crenças.

Tudo que é criado começa com um pensamento

Vamos descobrir onde começa acontecer a cura na nossa vida, para isso,  precisamos treinar a nossa maneira de pensar - Provérbios 23:7a -Porque, como imagina em sua alma, assim ele é.

Romanos 12:2               

Mentalidade: não é o que dizemos e sim o que pensamos. Aprendemos na bíblia que existe uma cultura do Reino que está   acima de nós, recebemos uma mentalidade nova, não dá para vivermos como antes. Precisamos entender a linguagem do Reino.

O maior milagre não foi o paralítico levantar e andar, o maior milagre foi quando ele se viu curado. Não espere ter uma ideia perfeita para começar, algumas vezes temos parte da visão e é o suficiente para darmos uma passo de fé.

A oportunidade que estou esperando no futuro está batendo à minha porta no presente. Jesus curou um homem paralítico, esse milagre é maravilhoso, mas o texto diz:

“Imediatamente , o homem se viu curado, e tomando o leito, pôs-se a andar ”

Ele estava deitado no chão e se via em pé. Precisamos nos ver antes do milagre. Jesus derruba o sistema de crenças daquele homem. Jesus deu um comando: Levanta-se do leito. A maneira que você se vê determina a maneira que você vai está.

João 5:7 - Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.


Cuidado com o sistema de crenças.

Jesus se aproxima do paralítico e faz uma pergunta para ele, veja que ele expõe sua maneira de pensar, sua mentalidade. Jesus ouve, mas não considera, dá uma voz de comando para ele que ativou algo poderoso dentro do paralítico. Um alarme vai tocar dentro de você e ativar algo poderoso dentro de você.

Não defina o que Deus não definiu. Faça uma análise antes de definir .As promessas podem parecer que estão longe mas se você continuar crendo, vai se tornar realidade, Deus pode mudar qualquer história .Você precisa ver com convicção.  

O segredo é ouvir enquanto você está falando. Só falar não adianta, você precisa falar e ministrar sobre você. Aquele paralítico depois de se vê curado ele dá um salto e se posiciona. Ele acreditava  que dependia de pessoas para ajudá-lo. A maneira que você se vê hoje será a maneira que você vai pisar amanhã.

Quem disse para você que alguém precisa te ajudar?

Salte essa barreira, pule alto o suficiente para ser curado. Você não foi feito para ficar paralisado por outra pessoa. Jesus foi objetivo, e quebrou o sistema de crenças daquele homem. Deus nos deu tudo que precisamos. Jesus não foi lá para chamá-lo de coitado ,e sim para mostrar a ele quem ele era, devemos deixar a posição de vítima, de dependente dos outros, dependentes do governo etc. Deus nos dá a oportunidade de expandir e de vencer.

Alguém chega antes de mim. 

Jesus  diz: Levanta, toma teu leito e anda. Não veja as pessoas como obstáculos, mas sim como pontes - Não olhe seu colega de trabalho como um estorvo para seu sucesso, mas sim como um incentivo para seu empenho. 

João 5:9 - Imediatamente, o homem se viu curado e, tomando o leito, pôs-se a andar. E aquele dia era sábado.

Tire sua cama da casa de misericórdia

 Você não foi destinado a ficar confortável em uma casa de misericórdia. Quando levamos uma pessoa para a casa de recuperação nosso objetivo é que seja temporário, sei que alguns precisam de mais tempo que outros, até chegam a virar voluntários para não se afastarem do lugar, mas em algum momento aquela pessoa precisa voltar para sua família, para seus amigos, para sua vida. Porque lá dentro se sentem seguros, estão rodeados de cuidadores e pessoas com os mesmos limites e quadros emocionais. Tire sua cama da casa de misericórdia- Você não foi destinado a ficar confortável em uma casa de misericórdia.

Ficar na mesma condição não é uma opção.

Ambiente de misericórdia: um lugar das esmolas, da pena, da misericórdia, a qualquer momento alguém aparece com sopa, aparece com um cobertor, com uma palavra de alívio mas que não confronta para uma mudança real. 

Precisamos resolver algumas pendências, opção é ser ensinável , e mudar a nossa realidade.

Você está pronto para lidar com a bênção na vida de outras pessoas?

 Esse é um requisito primordial para tirar sua cama da casa de misericórdia, aprender a celebrar o sucesso alheio sem se comportar como vítima e sim ser inspirado a melhorar de vida.

Agende sua mudança dessa casa de misericórdia e não se esqueça da cama 

Mude sua condição e faça por você, o melhor momento da sua vida é quando você decide romper. Parem com uma vida de vitimísmo ou mesmo de olhar a igreja como um lugar de ajuda apenas ao invés de se tornar um ajudado

 O homem se viu curado

Meu Deus, ele se via doente, e agora se vê curado. O que isso fez mudar a sua realidade? Antes dele ser curado, ele precisou se ver curado, que maravilhosa essa história,  Como você se vê? 

Derrubado seu sistema de crenças ele busca força onde não sabia que tinha e ativou um alarme dentro dele

Jesus tirou dele o foco das pessoas e colocou o foco nele mesmo. Antes de você querer encontrar Deus nas pessoas em suas atitudes, encontre Deus dentro de você em suas atitudes A maioria de suas decepções é porque você transferiu para as pessoas aquilo que é responsabilidade sua. Ele precisava se livrar de um sistema de crenças que foi bem consolidado nesses 38 anos de espera. 

Jesus nos surpreende com um tratamento de choque, desfocalizou os olhos dele de um tanque e das pessoas que viviam ao redor da mesma crença e elevou o nível dele o ambiente de  escolhas da auto responsabilidade. 

 Como você se vê ? em relação a sua família, saúde, finanças? Identifique se em um desses e outros itens você se encontra na cama da misericórdia?

Defina sua história de hoje para frente, Jesus eleva o nível dele. Se queremos ser curados precisamos deixar o Espírito Santo nos ensinar para termos uma atitude e uma vida abundante.